Comunicação também é assunto para assistente social

Publicado em 10/09/2018

Coordenadora da Comissão de Comunicação do CFESS, Lylia Rojas, fala durante a primeira mesa do evento.
A coordenadora da comissão de comunicação do CFESS, Lylia Rojas (dir.), falou sobre a relação entre Comunicação e Serviço Social (foto: Rafael Werkema/CFESS)

Profissionais de Serviço Social estão inseridos/as no debate da comunicação a todo momento: no atendimento aos/às usuários/as, na produção de laudos, pareceres e estudos, na relação com os Conselhos Regionais de Serviço Social, quando retratados na televisão, no cinema, nos meios de comunicação em geral.

Você, assistente social, já pensou como isso tudo tem acontecido? Ou como a imagem social da profissão tem sido mostrada? Ou como você tem se comunicado com o/a usuário/a dos serviços sociais? Ou como os Conselhos têm se comunicado com a categoria? Foi para debater estas questões, com base nas recentes mudanças da legislação brasileira sobre internet e dados pessoais, que o CFESS e o CRESS-RS realizaram a 5ª edição do Seminário Nacional de Comunicação do Conjunto CFESS-CRESS, em Porto Alegre (RS) nesta quinta-feira (6/9).

O debate do evento, que é realizado para representantes da gestões e profissionais de comunicação dos CRESS e do CFESS, teve início com a mesa Marco Civil da Internet, a neutralidade da rede e os impactos nos direitos da população, com a jornalista do Instituto Alana e membro do Intervozes (Coletivo Brasil de Comunicação Social) Marina Pita, juntamente com a coordenadora da comissão de comunicação do CFESS, Lylia Rojas.

Imagem da jornalista Marina Pita, durante exposição no evento.
Jornalista Marina Pita trouxe aspectos referentes ao Marco Civil da Internet (foto: Rafael Werkema/CFESS)

Para a jornalista, que é pesquisadora do tema da internet, é importantíssimo que uma categoria que lida cotidianamente com a informação e a comunicação com usuário/as, com dados pessoais e com a luta pelo acesso a direitos reflita sobre a democratização da comunicação e os impactos na vida da população.

“A internet é, não só para assistentes sociais, mas para muitos/as outros/as profissionais, um instrumento de trabalho e de pesquisa. Temos uma lei que regulamenta seu uso no Brasil, o chamado Marco Civil da Internet, que precisa ser conhecido por todos/as, para que possamos fortalecer a luta pela democratização dessa forma de comunicação”, avaliou Marina.

Já a conselheira do CFESS Lylia Rojas ressaltou que a relação Comunicação X Serviço Social é fundamental, já que se trata de uma ferramenta de diálogo, de mobilização, da organização da categoria e também como uma pauta de luta – o entendimento da comunicação como direito humano.

“O CFESS compõe o movimento em defesa da democratização da comunicação.  Nossa Política Nacional de Comunicação – construída de forma coletiva – traz essa tarefa e é um material em que se tenta trabalhar, de forma didática e objetiva, o papel das assessorias, as ações no campo da comunicação e o posicionamento político do Serviço Social sobre o tema. Nossas gestões e comissões de comunicação devem utilizá-la no planejamento de ações da área e no processo de apropriação do debate, que precisamos fazer”, enfatizou Lylia Rojas.

Workshop traz ideias para o trabalho em comunicação

À tarde, a jornalista e especialista em mídias sociais Renata Assumpção realizou o workshop Assessoria de comunicação nos Conselhos: conceitos, desafios, alternativas. Voltado para as assessorias e comissões de comunicação dos CRESS, a atividade trouxe alternativas para o trabalho de comunicação nos Conselhos, bem como sugestões de ferramentas e instrumentos gratuitos, em especial para os Regionais que possuem limitações orçamentárias. A jornalista também elogiou e parabenizou o Conjunto pela produção da Política Nacional de Comunicação (clique aqui e acesse o documento).

Imagem da mesa com a jornalista Renata Assumpção durante o Seminário de Comunicação.
A jornalista Renata Assumpção apresentou ferramentas para o trabalho em Comunicação. Assessoria de comunicação do CFESS integrou a mesa (foto: Cassiano Ferraz/CRESS-SC)

Faça download da apresentação da jornalista Renata Assumpção, com o tema Assessoria de Comunicação

Em breve, será disponibilizada a palestra da jornalista Marina Pita

Imagem mostra a arte do evento, que traz uma ilustração de uma mão segurando um smartphone para fotografar outra imagem, de um homem negro fotógrafo com um equipamento analógico de fotografia, em meio a uma terceira imagem que faz referência ao Centro Administrativo de Porto Alegre. Ao fundo, emojis e ícones ligados a imagem, som, tecnologia
Arte: Rafael Werkema/CFESS

Leia também:

Conselho Federal lança a nova Política de Comunicação do Conjunto CFESS-CRESS

Democratizar a comunicação não é censurá-la

Fonte: CFESS

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h