Conselhos de categoria da área da saúde se unem para fortalecer movimento contra EaD

Publicado em 09/04/2018

A favor de uma formação que seja pública e de qualidade, presidentas e presidentes de conselhos de fiscalização profissional da área de Saúde de Minas Gerais se reuniram, no dia 5 de abril, em Belo Horizonte, no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 4ª Região (Crefito-4) para debater, entre outros temas, a modalidade de ensino a distância (EaD).

No encontro, foi criado o Fórum de Presidentes dos Conselhos de Fiscalização Profissional da Área de Saúde de Minas Gerais, que tem o objetivo de unir dirigentes regionais em torno de temas relevantes para suas categorias. A iniciativa, que teve a participação do CRESS-MG, tem como o intuito promover um cenário propício para a discussão de pautas da saúde que tenham destaque nacional, como é o caso do EaD.

As presidências presentes, assumiram o compromisso de construir, de forma coletiva e democrática, um espaço político de caráter apartidário, permanente e aberto, tendo em vista o mais elevado interesse público, os princípios norteadores da administração pública e os objetivos institucionais comuns a todas as organizações signatárias do manifesto criado à ocasião, ou que a ele vierem a aderir.

Leia, na íntegra, o texto produzido pela criação do fórum!

EaD

Sobre o EaD, foi abordado um projeto de lei (PL 5414/16) que está em tramitação na Câmara dos Deputados e visa a proibir o incentivo do desenvolvimento e veiculação de programas de ensino a distância em cursos da área da saúde. Além disso, na ocasião, foi lançado um vídeo com depoimentos das presidentas e presidentes dos conselhos, em que pautam os motivos pelos quais suas instituições são contrárias à modalidade.

De acordo com Julia Restori, “nós, assistentes sociais, trabalhamos diariamente para que toda a população tenha acesso a direitos básicos, entre eles, o direito à educação gratuita, pública, laica, de qualidade e presencial. Por isso, o CRESS-MG acredita que o EaD vai na contramão dessa lógica, já que representa a mercantilização de uma política pública que deveria ser garantida pelo governo”, pontua.

Para o presidente do Crefito-4, Anderson Coelho, "a formação do fisioterapeuta, do terapeuta ocupacional ou de qualquer outro profissional da área da saúde requer o desenvolvimento de habilidades que exigem a troca de experiências presenciais. O ensino a distância ou semipresencial, em qualquer percentual, acarreta prejuízos à formação acadêmica", explica.

Participaram deste primeiro encontro, além das e dos dirigentes do Crefito-4 e do CRESS-MG, representantes dos conselhos de Farmácia, Fonoaudiologia, Psicologia, Enfermagem, Medicina, Educação Física, Nutrição, Odontologia, Biologia, Biomedicina e Radiologia.

Fotos e informações do Crefito-4.

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h