CRESS-MG se agita em dia de mobilizações de assistentes sociais contra a regressão de direitos

Publicado em 05/12/2016

Alinhados com o Conjunto CFESS-CRESS, o CRESS-MG promoveu, no dia 30 de novembro, em todo o estado, atos em função das medidas tomadas pelo governo ilegítimo de Michel Temer e que tendem a prejudicar a toda classe trabalhadora. 

Em Belo Horizonte, o dia de Mobilização Nacional de Assistentes Sociais Contra a Regressão de Direitos aconteceu na Praça Sete, por onde passam milhares de trabalhadoras e trabalhadores diariamente, e teve o intuito de dialogar com a categoria e com a população, por meio da distribuição de um informe sobre a Proposta de Emenda à Constituição 55 (antiga PEC 241), aprovada no Senado, em primeiro turno, nesta semana, e da colagem de adesivos para chamar atenção das e dos transeuntes sobre aspectos negativos dessa medida.

 

Em Montes Claros, foi realizado um debate intitulado "PEC 241/55 – O desmonte do Estado, da Seguridade Social e dos direitos da classe trabalhadora". Além do público, composto por assistentes sociais e profissionais de outras áreas, a atividade teve a presença do sociólogo e Lúcio Parrela, do presidente do CRESS-MG, Leonardo David, e do professor do curso de Serviço Social da Unimontes, Wesley Felício.

Em sintonia com a mobilização, o NAS Vertentes realizou, no dia 29 de novembro, em São João Del Rei, um debate sobre a atual conjuntura política do país. Após a atividade, foi sugerido que cada profissional em sua área de atuação, aborde o tema da PEC 55 com o público usuário, destacando os retrocessos nos Direitos Sociais para que esse assunto seja amplamente discutido e devidamente divulgado. Outra deliberação é que cada assistente social ali presente se esforce para participar de reuniões, fóruns, manifestações, dentre outros já existentes que discutam sobre os ataques aos direitos sociais no atual governo, se somando aos movimentos já existentes.

O NAS Mariana promoveu um debate com a presença de professores/as e como convidada, a conselheira do CFESS, Alessandra Souza. Foram esclarecidos detalhes sobre a PEC 55 e houve o depoimento de estudantes, que estavam em Brasília (DF) no dia anterior, enfatizando a brutalidade da repreensão sofrida pelo movimento de manifestação contra a medida. 

O Núcleo de Assistentes Sociais de Januária também promoveu uma roda de conversa sobre a PEC 55. Além destes, outros cinco NAS realizaram atividades na data: Baixo Jequi, Jequitiético, Diamantina e Minas Novas.

Embora a PEC 55 já tenha sido aprovada por um número considerável de parlamentares, o Conjunto CFESS-CRESS mantém suas críticas frente ao que as medidas propostas possam trazer para a classe trabalhadora, como a própria precariedade dos serviços prestados, uma vez que os investimentos serão congelados por 20 anos.

Estamos de olho! Continuamos na luta!

Veja mais fotos, no Facebook do CRESS-MG!

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h