Mostra de Cinema Feminista exibirá filmes seguidos de debates em BH

Publicado em 14/09/2016

A Mostra de Cinema Feminista: Corpo, Interseccionalidade e Democracia, promovida pela Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos MG, propõe debates sobre temas históricos do feminismo, a partir do cinema, dando destaque para os atravessamentos de raça, gênero e classe nas vidas e nas lutas das mulheres. 

As atividades são gratuitas e acontecem nos dias 24 e 25 de setembro, no MIS Cine Santa Tereza. O endereço é R. Estrela do Sul, 89 – Santa Teresa, Belo Horizonte – MG, 31010-240.

28 de setembro: Dia de Luta pela Descriminalização do Aborto na América Latina e Caribe

Foi no 5º Encontro Feminista Latino-Americano e Caribenho, realizado no dia 28 de setembro de 1990, na Argentina, que as mulheres definiram esta data como o Dia de Luta pela Descriminalização do Aborto na América Latina e Caribe. O aborto é uma realidade na vida das mulheres, mesmo sendo considerado um crime no Brasil. E a criminalizacao das mulheres, só faz com que, em especial as mulheres pobres, jovens e negras, recorram ao aborto inseguro, aumentando os riscos e o número de mortes de mulheres. Mortes evitaveis!

A Rede Feminista de Saude na defesa da vida das mulheres, de uma sociedade laica, justa e democrática, apresenta esta mostra e convida a todas e todos vocês para pensarmos ,a partir do cinema, sobre todas as formas de controle, exploração, opressão e violências que vivem as mulheres. E, especialmente, sobre as lutas e modos de resistência.

Programação

Dia 24 de setembro, sábado: 
Às 17h – Ela é bonita quando está brava (She is beautiful when she's angry):
(Mary Dore|EUA|2014|Documentário|92min)
Documentário sobre o movimento feminista norte-americano entre os anos de 1966 a 1971 e as principais questões suscitadas pela luta histórica das mulheres.
Classificação indicativa: 14 anos

Sessão seguida de debate “Feminismo, democracia, interseccionalidade”, com:
Dirlene Marques (coordenadora da Rede Feminista de Saúde-MG, professora da FACE/UFMG), Tayane Lino (psicóloga, doutoranda em Psicologia Social na FAFICH/UFMG). Mediação: Rosália Diogo (professora, pesquisadora e coordenadora do Festival de Arte Negra- FAN)

Às 19h – As Sufragistas (Suffragette)
(Sarah Gavron|EUA|2015|Ficção histórica|106 min)
No início do século XX, as mulheres ainda não possuem o direito de voto no Reino Unido. Um grupo de mulheres militantes decide, então, coordenar atos de insubordinação para chamar a atenção dos políticos locais à causa.
Classificação indicativa: 14 anos

Dia 25 de setembro, domingo:

Às 17h – Habeas Corpus
(Débora Diniz e Ramon Navarro| Brasil|2005|Documentário|20 min)
O documentário acompanha o sofrimento de Tatielle, grávida de 5 meses de um feto que não sobreviveria ao parto e impedida de interromper a gestação em função de um habeas corpus apresentado por um padre.

Uma História Severina (Débora Diniz e Eliane Brum| Brasil|2012|Documentário|23 min)
Registra o drama da mãe pernambucana que, aos quatro meses de gestação, conseguiu permissão para antecipar o parto do feto anencéfalo que carregava. Porém, no mesmo dia em que foi realizar o aborto, o STF proibiu a cirurgia e Severina retornou para casa.
Classificação indicativa: 14 anos

Sessão seguida de debate “Aborto, feminismo e o cinema documental”, com:
Letícia Gonçalves (psicóloga, doutoranda em Bioética, Ética Aplicada e Saúde coletiva pela UFRJ/FIOCRUZ/UERJ/UFF) e Carla Maia (pesquisadora e curadora de cinema, doutora em Comunicação Social pela UFMG e professora do Centro Universitário UNA). Mediação: Cássia Canela (psicóloga/ Rede Feminista de Saúde MG)

Às 19h – Libertem Ângela Davis (Free Angela and All Political Prisoners)
(Shola Lynch |EUA|2014|Documentário|102 min)
Documentário que retrata a vida de Ângela Davis, professora de filosofia e conhecida por seu profundo engajamento em defesa dos direitos humanos, hoje um símbolo da luta pelo direito das mulheres, dos negros e dos oprimidos.
Classificação indicativa: 12 anos

Apresentação da sessão: Jozeli Rosa, advogada e integrante do Coletivo Negras Ativas

Veja este evento também no Facebook.

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h