Nota de apoio e esclarecimento sobre o atentado ocorrido contra os profissionais que atuam na Ocupação Vitória

Publicado em 29/08/2015

Como já manifestado neste site, o CRESS-MG, que defende de forma intransigente os artigos fundamentais do Código de Ética profissional, está acompanhando de perto a Ocupação Vitória, de Campo Florido, município de pequeno porte do interior de Minas Gerais, região do Triângulo Mineiro.

No dia 26/08/2015, o advogado do referido movimento social, Sr. Eder Ferreira, e sua esposa, a assistente social, Mariana Furtado Arantes, sofreram um atentado, tendo sua casa invadida. Foram roubados apenas os processos referentes à Ocupação Vitória, o computador e um par de brincos, sendo deixados para trás muitos objetos de valor. Antes do ocorrido, o casal já vinha recebendo ameaças. Entende-se que esse atentado, somado às constantes ameaças, são  tentativas sórdidas dos donos do poder de desmobilizar o movimento, impondo medo e insegurança. Tentam, assim, cercear a democracia, especialmente o direito de lutar por direitos.

Sabe-se que a  luta pela terra atinge o cerne do capital e historicamente, não raro, culmina em conflitos graves com violência e morte. O CRESS-MG preocupa-se com essa situação e considera o referido atentado um ataque à liberdade e aos direitos humanos. Mesmo após o ocorrido e apesar dos riscos, os profissionais envolvidos já deixaram claro que não irão se intimidar e que continuarão na defesa intransigente dos direitos humanos. 

O CRESS-MG se põe ao lado das/os assistentes sociais, que corajosamente estão lutando e efetivando o projeto ético-político da profissão nas ações de fortalecimento e defesa dos interesses da classe trabalhadora. Em especial, destaca-se a atuação das assistentes sociais Mariana Furtado Arantes, Luana Braga, Gabriela Abrahão Masson, Qelli Rocha, Daniela Santos Néspoli e Ana Carolina P. Ros. 

Consideramos complexa a situação fundiária rural e urbana na região, com forte defesa da propriedade privada em detrimento da vida humana. Posicionamo-nos contra qualquer tentativa de criminalização dos movimentos sociais, em especial à Ocupação Vitória. Solicitamos aos órgãos responsáveis que atuem na investigação dessas ameaças e que garantam a segurança para as famílias e para os profissionais que têm se dedicado à defesa do direito à moradia e à justiça social, possibilitada a partir da função social da propriedade constitucionalmente garantida.

CRESS-MG: Sede (BH), Seccional Uberlândia, Seccional Juiz de Fora e Seccional Montes Claros

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Guajajaras, 410 - 11º andar. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30180-912

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h