Mostra de curtas traz realidade da cultura indígena brasileira a BH

Publicado em 11/04/2014

Em homenagem ao Dia do Índio, o Oi Futuro exibe, em BH, filmes do projeto Vídeo nas Aldeias. Criado em 1986, o projeto precursor na área de produção audiovisual indígena no Brasil, realiza oficinas de formação em comunidades indígenas. Os vídeos são produções dos próprios índios, e têm o objetivo de mostrar sua realidade e cultura, contestando as imagens estereotipadas sobre a vida nas aldeias.

As exibições acontecem durante os sábados de abril e são gratuitas. O endereço do Oi Futuro é Av. Afonso Pena, 4001 – Mangabeiras.

Programação

Dia12:  “Mbya Mirim” – 22 min (2013)

Direção: Ariel Duarte Ortega, Patrícia Ferreira (Keretxu)

Palermo e Neneco, duas crianças Mbya Guarani do Rio Grande do Sul, revelam em suas brincadeiras o drama do seu povo.

“A História do Monstro Khátpy” –  4 min  (2009)

Diretor: Yaiku Suya, Kamikia P.T. Kisêdje, Kokoyamaratxi Suya, Whinti Suya, Kambrinti Suya

Em “KhátpyRoSujareni” (A história do monstro Khátpy), os índios Kisêdjê, da Aldeia Ngôjwêrê no Mato Grosso, encenam e filmam a lenda do índio feio que ameaça os caçadores na mata.

Dia 19: “Das Crianças Ikpeng para o Mundo” –  35 min (2011)

Direção: Kumaré Ikpeng, Karané Ikpeng, Natuyu Yuwipo Txicão – Distribuição: Programadora Brasil

Quatro crianças Ikpeng apresentam sua aldeia respondendo à vídeo-carta das crianças da Sierra Maestra em Cuba. Com graça e leveza, elas mostram suas famílias, suas brincadeiras, suas festas, seu modo de vida.

Dia 26: “Depois do ovo, a guerra” –  10 min (2008)

Direção: Komoi Panará –  Distribuição: Programadora Brasil

As crianças Panará apresentam seu universo em dia de brincadeira na aldeia. O tempo da guerra acabou, mas ainda continua vivo no imaginário das crianças.

“Akukusiã,, o dono da caça” –  10 min 21 seg (1998)

Direção: Dominique Gallois e Vincent Carelli –  Distribuição: Programadora Brasil

A fábula sobre o Akukusiã, monstro canibal, narrada e interpretada pelos índios Waiãpi. “Fizemos o vídeo”, dizem eles, “para alertar os incautos. Até um não-índio pode ser devorado por estes monstros ao entrar na mata”.

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Guajajaras, 410 - 11º andar. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30180-912

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h