CRESS-MG na luta pelos direitos LGBT

Publicado em 24/07/2012

Foi ao som da tradicional valsa de debutante que, no dia 22 de julho, cerca de 40 mil pessoas deram início à 15ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte. O hino nacional brasileiro, entoado em seguida, marcou aquele como um evento cívico e de luta, acima de tudo, pelos direitos humanos. A marcha, realizada pelo Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (Cellos-MG), passou por diversos pontos da região centro-sul da cidade e o CRESS-MG esteve presente.
 
Participação
 
Trabalhando como cozinheira à noite e como estilista durante o dia, Scarllaveige veio pela terceira vez à marcha. Ela acredita que a participação no evento contribui para que o preconceito contra os LGBTs diminua. “A Parada permite que as pessoas nos vejam com outros olhos, como cidadãos que realmente lutam por seus direitos, e isso acaba fazendo com que sejamos mais respeitados.” Já Valentina, enfermeira, acredita que só uma educação que valorize as diferenças pode acabar com a discriminação sexual. “O preconceito contra os LGBTs ainda é grande, mas a quantidade de crianças presentes aqui, neste evento, mostra que o futuro promete ser mais igualitário.” 

De passagem pela capital mineira, a estudante de moda, Elisa, veio de Porto Alegre (RS) e resolveu conhecer a Parada mineira. Ela, que já foi ao evento em sua cidade e em São Paulo, acha que Belo Horizonte está no caminho certo, mas faz algumas ressalvas. “O objetivo da Parada é lutar pelos direitos LGBTs, mas eu acredito que muita gente não leva isso em conta.” A gaúcha ressalta, ainda, que é o brasileiro precisa aprender a respeitar não apenas os homossexuais, mas a qualquer ser humano. 

Clique aqui e confira a cobertura fotográfica do evento, realizada pelo CRESS-MG. 


Conjunto CFESS/CRESS nesta luta!

A luta do Conjunto CFESS/CRESS por uma sociedade mais igualitária inclui uma intensa participação pela conquista dos direitos LGBT. Recentemente, foi divulgado o “CFESS Manifesta pelo Dia Mundial do Orgulho LGBT”, comemorado em 28 de junho.  Para conferir o documento, clique aqui

 
O CRESS-MG também tem um extenso histórico de participação na luta desta causa. Durante a 8ª Semana BH Sem Homofobia, realizada pelo Cellos-MG, o Conselho lançou o ciclo de debates Diálogos em Direitos Humanos. O evento aconteceu no dia 19 de julho, em BH, e teve como tema “Serviço Social e direitos LGBT”. Na ocasião, Bruna Irineu, professora do Curso de Serviço Social da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e coordenadora do Núcleo de Estudos, Pesquisas e Extensão em Sexualidade, Corporalidades e Direitos da instituição, trouxe contribuições sobre a conjuntura das políticas públicas específicas dos LGBTs. 

Para Bruna, o Serviço Social pode contribuir com as demandas dessa causa, da mesma forma que contribui com as demandas das mulheres, no debate dos direitos das crianças e adolescentes etc. “Cabe ressaltar que a sociedade em que vivemos está tão imbricada em valores heterossexistas, cujo ‘imperativo heterossexual’ prevalece em detrimento de outras formas de expressão e exercício da sexualidade, que muitas vezes o currículo do Serviço Social não possibilitou que tencionássemos neste sentido.” Clique aqui e confira a entrevista que realizamos com a professora. 

Ainda na semana passada, o coordenador da Comissão Ampliada de Ética e Direitos Humanos do CRESS-MG, Gustavo Teixeira, participou do debate público para discutir o anteprojeto do Estatuto da Diversidade Sexual, elaborado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O texto, se aprovado pelo Congresso Nacional, pode trazer muitos benefícios para homossexuais, transexuais e travestis do país, por tratar de temas como o aumento das punições em relação à homofobia, o direito à livre orientação sexual, à guarda e à adoção, além da identidade de gênero. Para saber como foi o evento e para enviar sugestões e críticas para o Estatuto, clique aqui.

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h