Documentário Catastroika discute o impacto avassalador das privatizações

Publicado em 27/06/2012

Em apenas dois meses, o filme Catastroika  já foi assistido por mais de meio milhão de internautas em todo o mundo. A versão com legendas em português mais visualizada através do Youtube alcançou, em pouco mais de um mês, 30 mil acessos. A razão do sucesso está, possivelmente, na abordagem de um tema que interessa a cidadãos de qualquer país: as privatizações massivas de bens públicos. O documentário, com 87 minutos, denuncia exemplos concretos na Rússia, Chile, Inglaterra, França, Estados Unidos, Grécia e outros países.

Produzido por gregos, o roteiro e a direção são assinados pelos jornalistas Aris Chatzistefanou e Katerina Kitidi. O documentário também busca apontar as iminentes consequências da atual venda de ativos públicos da Grécia, exigida para fazer frente à enorme dívida soberana do país. É traçado um futuro crítico para o país, caso o modelo econômico neoliberal seja levado adiante sob a tutela financeira internacional.

A argumentação de Catastroika se vale de notícias de jornal, documentos, evidências factuais e depoimentos. Acadêmicos e especialistas de diversos países falam sobre o estrangulamento dos serviços públicos fundamentais, os ataques contra a democracia na Europa, os programas de privatizações e as medidas de austeridade do governo grego.

Distribuição

Lançado no dia 26 de abril, o Catastroika foi produzido na Grécia a partir do auxílio coletivo de várias pessoas, que contribuíram tanto financeiramente quanto através de ideias. O documentário está disponibilizado para distribuição gratuita, através da licença Creative Commons. Para as transmissões por televisão e cinema, é possível obter de arquivos de alta resolução em vários idiomas.

A mesma equipe lançou, no ano passado, o documentário Debtocracy (Dividocracia), que já possui milhões de acessos em todo o mundo. O filme revela aspectos da crise econômica pela qual passam os países periféricos da União Europeia, em especial a Grécia.

Assista aqui o documentário Catastroika

Agradecemos ao assistente social, Walter Raymundo de Amorim, pela indicação.

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h