Saúde: direito de todos e dever do Estado

Publicado em 10/07/2011

São muitos os problemas que os brasileiros enfrentam quando o assunto é a saúde. Dificuldade na realização de exames, falta de leitos hospitalares e medicamentos, trabalhadores insatisfeitos com baixos salários são alguns exemplos. E os governos têm realizado parcerias com o setor privado, com a intenção de justificar o atestado de incompetência para administrar o bem público. No entanto, a entrega de serviços públicos nas mãos de empresas privadas, só objetiva o lucro e o desmantelamento do SUS como sistema público de saúde.

Por isso, foi lançado em Belo Horizonte, no dia 30 de junho, o Fórum em Defesa do SUS e Contra as Privatizações. “O socialismo frente à crise econômica mundial” foi o tema do evento, que contou com a participação especial da médica cubana, Aleida Guevara, filha de Ernesto Che Guevara.

O CRESS-MG é integrante da frente em defesa do SUS, e o grupo de trabalho da instituição, GT Saúde, esteve presente no evento. Além disso, muitos assistentes sociais também marcaram presença na ocasião.

Cuba como exemplo

Ela herdou os olhos, a profissão e o discurso apaixonado do pai em defesa do socialismo e da Revolução Cubana. Aos 51 anos, a médica cubana, Aleida Guevara, já atuou como voluntária internacionalista por dois anos em Angola e por um ano na Nicarágua, na década de 80. 

Aleida iniciou sua palestra abordando alguns dados comparativos que dizem respeito à saúde em Cuba, antes de 1959 e depois da Revolução. “O triunfo da Revolução se inicia com a implementação de uma Política Nacional de Saúde. Em 1960 se estabeleceu o Sistema Nacional de Saúde com base na colaboração internacional, orientação preventiva e participação da sociedade”.

O resultado é que hoje se tem em Cuba um Sistema de Saúde universal, gratuito, acessível, regionalizado e integral ao alcance de todos os cidadãos, independentemente do sexo, raça, orientação política e religiosa. “A política mais importante desse sistema, que também tem caráter internacionalista, é a prevenção de enfermidades”, ressalta a médica.

De acordo com Aleida, o objetivo primordial é servir ao ser humano. “Pensamos na educação dos nossos profissionais, não para que eles ganhem mais dinheiro, mas para que estejam sempre capacitados a atender com qualidade à população. Temos que nos dedicar ao povo”, garante.

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Guajajaras, 410 - 11º andar. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30180-912

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h