Ofícios pelas 30 horas

Publicado em 27/12/2016

Melhores condições de vida para a categoria que refletem em um atendimento de maior qualidade para o público usuário. É disso que se trata a Lei Federal 12.217, promulgada em 10 de agosto de 2010, e que prevê 30 horas semanais para assistentes sociais sem redução de salários. A norma, em sua essência, fala sobre os direitos de toda a classe trabalhadora que deseja viver e trabalhar com mais dignidade. Embora se trate de uma lei federal, muito falta para que ela seja completamente implementada no país.

Neste sentido, o CRESS-MG, em consonância com um movimento constante do Conjunto CFESS-CRESS, vem desenvolvendo, há anos, estratégias que integram uma Campanha Permanente pela Implementação da Lei das 30 horas. Desde agosto, têm sido enviados ofícios para entidades de diferentes naturezas, como conselhos de direitos, partidos políticos e instituições privadas, com o objetivo principal de conscientizar sobre a importância dessa pauta.

Em comum, estes documentos trazem dados do levantamento realizado pelo Conselho, em que são indicados quantos e quais municípios mineiros já cumprem a lei. O estudo foi iniciado em julho de 2015 e identificou que 78% das cidades já possuem uma jornada de trabalho de até 30 horas semanais para assistentes sociais.

Abaixo, você confere para quem e com qual finalidade estes ofícios têm sido encaminhados.

Prefeituras que não cumprem a Lei das 30h

Conscientizar as administrações municipais quanto à importância desta lei para suas e seus servidores, além de requerer sua imediata implementação.

Saiba mais!

Partidos políticos

Incentivar que seus candidatos e candidatas às prefeituras e às câmaras municipais possam inserir a implementação das 30 horas para assistentes sociais como pauta em suas plataformas e planos de governos.

Saiba mais!

Candidatas/os à prefeitura de Belo Horizonte

Pedido de assinatura a uma carta de compromisso na qual a candidata ou candidato, caso eleito, se compromete publicamente a aplicar integralmente a Lei Federal 12.317/10.

Saiba mais!

Órgãos públicos e privados que não cumprem a Lei das 30h

A partir da denúncia das e dos profissionais, o CRESS-MG envia um ofício solicitando a imediata adequação à Lei Federal.

Saiba mais!

Conselhos Estaduais de Direito

Sensibilizar estes órgãos, historicamente reivindicativos, para se somarem à luta pelas 30 horas.

Saiba mais!

Deputadas/os estaduais: 

Demanda às e aos deputados que intercedam junto ao governo estadual para que a Lei das 30 horas seja implementada.

Saiba mais!

Veja outras ações da Campanha Permanente pelas 30 horas do CRESS-MG!

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Guajajaras, 410 - 11º andar. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30180-912

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h