Seccional Uberlândia amplia diálogo com Secretaria de Saúde para garantir melhores condições de trabalho para categoria

Publicado em 07/10/2014

Desde meados deste ano, as agentes fiscais da Seccional de Uberlândia deram início a um processo de orientação e fiscalização junto a assistentes sociais que atuam nas unidades de saúde pública de Uberlândia.

Desse trabalho resultou um número significativo de notificações em decorrência das condições éticas e técnicas de trabalho dos espaços visitados. Assim, desde setembro, a Seccional vem promovendo ações para ampliar o diálogo com o município, acerca da realidade vivenciada pelos profissionais que se encontram cotidianamente neste espaço sócio-ocupacional.

Ações políticas

No dia 12 de setembro, a Seccional se reuniu com a Secretaria Municipal de Saúde de Uberlândia para tratar das condições éticas e técnicas de trabalho de assistentes sociais lotados na área.

Na ocasião, as representantes do CRESS-MG – a agente fiscal Maria Ângela e a coordenadora Ana Lúcia, também trataram da necessidade de se ter uma referência técnica para estes profissionais e dos equívocos que envolvem um projeto denominado Acolher, elaborado por profissionais de outras áreas para ser executado por assistentes sociais.

Do encontro, foi criada a Comissão de Saúde e Serviço Social da Seccional que, na última quarta-feira, 1º de outubro, promoveu um novo momento de diálogo entre uma equipe técnica da Secretaria de Saúde e o secretário-adjunto de Saúde, com o intuito de afirmar as demandas da categoria nesse espaço sócio-ocupacional.

Como resposta, o secretário-adjunto disse que a Secretaria reconhece tais necessidades e entende que o problema está na estrutura da Saúde de Uberlândia, cuja história é de uma cultura de total ausência de humanização, tanto com os técnicos que nela atuam, quanto com os usuários.

Por isso, convidaram as assistentes sociais ali presentes para construírem esta mudança junto com o município, por acreditarem que este profissional tem competência técnica para tanto e, no momento, está pouco reconhecido.

A Secretaria se comprometeu, também, a dar voz para um profissional em cada unidade de saúde que a partir dali deverá ser reconhecido como de referência para o Serviço Social. Ao final, foram dados a diretriz e os encaminhamentos para que, ainda em outubro, seja construído coletivamente um projeto de melhoria destes espaços, considerando as atribuições e os direitos de cada profissional que ali atua.

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Guajajaras, 410 - 11º andar. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30180-912

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h