Uberaba sedia sua 2ª Marcha das Vadias

Publicado em 14/08/2014

Em Uberaba, a 2ª Marcha das Vadias está sendo organizada dentro de um calendário de atividades, que começou em Junho com a I Jornada de Discussão de Gênero que se encerrará dia 22 de Agosto com a mediação da professora da Universidade Federal de Uberlândia, Flávia Teixeira que discutirá Identidades Trans e que terá como culminância a Marcha.  

A Jornada teve como objetivo a formação e discussão de pautas importantes dentro da temática de gênero e contou com rodas de conversa com professores que pesquisam gênero, educação e movimentos sociais. Ainda dentro das ações realizadas pela organização da Marcha, em Julho aconteceu o Sarau Desconstruindo Gênero como forma de arrecadar recursos para o autofinanciamento das atividades da Marcha e contou com a presença de artistas da cidade que contribuíram com a sua arte para levantar parte dos recursos necessários.

Dentro desse calendário de atividades está previsto ainda a “ocupação” da câmara dos vereadores para levantar questões essenciais como a violência doméstica dentro do município, como a ampliação do atendimento do CIM (Centro Integrado da Mulher) e a importância da implementação de um abrigo para acolher mulheres vítimas de abusos. E na semana da Marcha (de 25 a 30 de Agosto) acontecerão dois cine-debates em que serão apresentados e discutidos filmes sobre identidades de gênero e mercantilização do corpo e também serão realizadas oficinas de batuque, stencil e cartazes, por isso a organização da marcha solicita que as interessadas levem suas camisetas e cartazes para juntas e juntos escrevermos e compormos nossas reivindicações.

A 2ª Marcha das Vadias está sendo construída de forma coletiva, conectando mulheres, feministas, pesquisadoras e pesquisadores, grupos atingidos e simpatizantes, buscando construir um movimento democrático junto às outras categorias de gênero, ainda mais marginalizadas, como as travestis e transexuais, as classes trabalhadoras e as mulheres que desconhecem esses debates para que possam compartilhar e contribuir para a construção das pautas de reivindicações. A organização convida a todas e todos para participar e construir juntas e juntoso movimento internacional, Marcha das Vadias. Organizadas e reivindicativas vamos denunciar antigos e novos preconceitos, afinal esta é uma luta que envolve todas nós.

Programação

22/08: Identidades Trans, por Flávia Teixeira

Horário: 19h

Local: Sinte-Med – Rua dos Dominicanos, 258 – Bairro Abadia

Entrada Gratuita

30/08: 2ª Marcha das Vadias Uberaba

Horário: 9h

Concentração: Praça da Abadia

Acompanhe novas informações no blog da Marcha e na fanpage do Facebook.

Origem da Marcha

A Marcha das Vadias surgiu em 2011, no Canadá, em uma palestra sobre segurança no campus universitário da York University de Toronto como resposta à justificativa de um policial que afirmava que as mulheres não deviam se vestir como “sluts”, vadias, para evitarem abusos sexuais. Diante de tal preconceito em relação às mulheres, foi organizada uma marcha em protesto às explicações do policial, questionando aculpabilização da vitima e as diversas violências que sofrem as mulheres.

A opressão de gênero é uma prática recorrente em várias sociedades e devido a importância e a urgência de trazer a tona essa realidade, é que a Marcha das Vadias foi rapidamente apropriada  por todo o mundo.  O nome vadia dado à Marcha utiliza a arma do opressor contra a opressão, pois resignifica a expressão “vadias” como mecanismo de emancipação e desconstrução de estereótipos, inclusive de que a mulher é culpada pelas agressões e violências que sofre. Uma das frases usadas na Marcha define de forma clara o nome dado ao protesto: “Se ser vadia é ser livre, então somos todas vadias.”

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h