CFESS reafirma a luta pela denúncia dos crimes da Ditadura Militar

Publicado em 31/03/2014

Serviço social, memórias e resistências contra a Ditadura (arte: Rafael Werkema)(arte: Rafael Werkema)

O dia 31 de março marca os 50 anos do golpe militar no Brasil. A data registra o início de um Estado repressivo, torturador e opressor, que se instalou no Brasil entre 1964 e 1985. Durante os anos de repressão, vários sujeitos, numa histórica trajetória de lutas sociais, sofreram tortura e morreram em defesa da liberdade, da justiça social e da revolução. Muitos ainda estão desaparecidos. Por isso, resgatar essa história é necessário, não só para que não se percam as conquistas dessas muitas lutas e resistências, mas também para a mudança do presente e do futuro.

É nesse contexto que o CFESS convida novamente assistentes sociais que sofreram violações de direitos durante a Ditadura a contribuírem com o projeto Serviço social, memórias e resistências contra a Ditadura Militar, que vai retirar do anonimato e coletar depoimentos de profissionais do serviço social.

A presidente do CFESS, Sâmya Ramos, ressalta que o serviço social não pode se calar diante da violação de direitos humanos e arbitrariedades cometidas no período da ditadura, iniciada em 31 de março de 1964. “Neste marco dos 50 anos deste terrível acontecimento, conclamamos assistentes sociais a participarem deste projeto e contribuírem para a denúncia e registro da memória histórica deste momento de terror da sociedade brasileira”, destaca a conselheira.

Resultado das deliberações do eixo Ética e Direitos Humanos do 41º Nacional CFESS-CRESS, e impulsionado pela Campanha de Gestão (2011-2014) Sem movimento não há liberdade, o projeto tem como uma de suas finalidades a organização dos depoimentos de assistentes sociais em um livro, que será entregue à Comissão Nacional da Verdade em 2014.

Como participar

Se você é assistente social, vivenciou o período da Ditadura Militar (1964-1985) e sofreu violações de direitos em decorrência do momento político do país, veja como participar

Passo 1

Clique aqui e faça o download do formulário de depoimento e denúncia do projeto “Serviço Social, memórias e resistências contra a Ditadura Militar”

Passo 2

Preencha-o respondendo, em até 6 laudas (15 mil caracteres), as seguintes questões:

1. Nome completo:
2. Universidade em que estudou:
3. Que tipo(s) de violência(s) sofreu?
4. Como aconteceu? Onde? Quando? (descreva o fato)
5. À época, participava de algum movimento ou partido de resistência? Qual?
6. Chegou a ser preso(a), exilado(a), demitido(a) ou perseguido(a)?
7. Se sim, sob qual alegação?
8. Cumpriu pena? Onde?
9. Você denunciou os fatos e violações ocorridas? Para quem?
10. Buscou a Justiça para ser reparado(a)?
11. Recebe alguma reparação do Estado? Espera receber?
12. Como as violações rebateram em seu cotidiano profissional?
13. Deixe uma mensagem para estudantes de serviço social e assistentes sociais que não vivenciaram o período da Ditadura, abordando a importância de se resgatar a memória da luta contra o Regime Militar.

Passo 3

Salve o arquivo e envie para o e-mail memoriaeresistencia@cfess.org.br

Passo 4

Se tiver interesse, envie também fotos e outros documentos que registrem o momento histórico que vivenciou.

Fonte: CFESS

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Guajajaras, 410 - 11º andar. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30180-912

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h