Debate diversificado marca 1º Roda de Conversa da Seccional Montes Claros

Publicado em 04/03/2013

Um debate produtivo sobre ética, formação, supervisão e trabalho marcou a 1ª Roda de Conversa realizada pela Seccional Montes Claros, no dia 1º de fevereiro. 
 
O encontro, intitulado de “Pensando na nossa formação: A dor e a delícia de ser assistente social”, reuniucerca de 50 profissionais de várias cidades da região, com o objetivo de refletir sobre o fazer profissional, sem a formalidade dos grandes eventos.
 
A proposta é promover discussões a partir da troca de experiência dos presentes, aproximando-as das indagações referentes à realidade de cada um, como explica Carla Pereira, membro da diretoria. “A Roda é despretensiosa, pois, por meio dela é possível participar junto, construir junto. Ela tem essa sustentabilidade, ou seja, através delatodos conseguem ver, ouvir e se identificar.”
 
O encontro foi estruturado em três momentos. Inicialmente os assistentes sociais fizeram interlocuções sobre o cotidiano e o trabalho profissional, em seguida, trouxeram reflexões teórico-críticas sobre essas experiências de trabalho, identificando a defesa da relação entre teoria e prática. Por último, foram elencadas situações da prática profissional que são comuns aos profissionais e que precisam receber melhor trato analítico por parte da categoria.
 
Debate abrangente
 
Entre a infinidade de temas que envolvem o Serviço Social e o fazer profissional do assistente social, foram escolhidas oito tópicos para orientar as discussões: empregabilidade, supervisão, estágio supervisionado, formação profissional, ética profissional, supervisão acadêmica,condições de trabalho e, por fim, o trabalho na perspectiva da defesa dos direitos.
 
As atividades foram mediadas pelas assistentes sociais de base da Comissão de Orientação e Fiscalização (Cofi) e da Comissão de Trabalho e Fiscalização Profissional (CTFP) da Seccional, Denise Veloso e Leni Pereira.
 
Segundo Leni Pereira, que é professora no curso de Serviço Social na Unimontes, a divisão dos temas foi muito pertinente e enriqueceu bastante o debate. “Por meio desses tópicos, a roda de conversa foi ganhando cor e assentamento nas falas e realidades expressas por cada profissional presente”, comenta.
 
Com o sucesso do evento, a Seccional Montes Claros avaliou que seria apropriado a realização de uma nova Roda de Conversa, nesses mesmos moldes. A segunda edição do evento acontecerá em abril.
 
Para a professora Leni, o compartilhamento de experiências, propiciado por atividades como essa Roda de Conversa, ajuda a fortalecer e construir a história do Serviço Social. “Cada um sabe a dor e a delicia de ser assistente social. Se temos mais dor, elas ficam mais leves se as compartilhamos e, se temos mais delícias, estas devem ser compartilhadas para que cada fala possa ecoar na história da profissão, com o fim de fortalecê-la cotidianamente”, acrescenta.
 
Fique atento ao site do CRESS-MG para saber mais informações sobre a 2ª Roda de Conversa da Seccional Montes Claros.

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h