Congresso aborda tradições afrobrasileiras em Uberlândia

Publicado em 19/09/2012

O 14º Congresso das Tradições Afrobrasileiras acontecerá em Uberlândia, nos dias 21, 22 e 23 de setembro. O evento tem como foco a discussão e troca de conhecimentos acerca da oralidade das matrizes africanas, cuja desinformação gera discriminação e preconceito em relação às práticas culturais. 

Todos os debates, oficinas e palestras são gratuitas. As inscrições podem ser feitas no local e no próprio dia das atividades.

Programação

Dia 21 – Abertura Oficial
Local: Câmara Municipal de Uberlândia
Horário: 19h30
Tema: Diversidade de Matriz Africana: Cidadania e o Sagrado
 
Dia 22 – Eixos Temáticos
 
Eixo 1: O Sagrado e a Preservação do Meio Ambiente
Para os povos tradicionais de terreiro a sustentabilidade do mundo visível com o mundo invisível acontece com a ligação da natureza. Todos os ritos e procedimentos sagrados são feitos a partir desta circularidade, no qual o sagrado e o meio ambiente estão diretamente associados.
Ministrantes: Representantes das comunidades tradicionais de terreiros
Horário: 9h às 10h30
Local: Oficina Cultural
 
Eixo 2: O Sagrado e a Simbologia
Em nossa diversidade a expressão do sagrado assume diferentes faces e formas produzindo diferentes concepções culturais, visões e símbolos.
Ministrantes: Representantes das comunidades tradicionais de terreiros
Horário: 10h30 às 12h
Local: Oficina Cultural
 
Eixo 3: O Sagrado na Circularidade
A prática da religião de matriz africana é a ligação entre o pré existente (Deus), o ancestral, o ser divinizado, a natureza e o homem. Isso não pode ser separado em momento algum. Essa circularidade é que estabelece a ligação do invisível e o mundo visível.
Ministrantes: Representantes das comunidades tradicionais de terreiros.
Horário: 14h às 15h30
Local: Oficina Cultural
 
Eixo 4: O Sagrado e o Sacro ofício: Práticas e Valores
Os ritos sagrados nas comunidades tradicionais de terreiro acontecem com a utilização dos elementos da natureza em suas mais puras expressões: mineral, vegetal e animal. O sacrifício é parte constitutiva da prática e dos valores religiosos destes povos.
Ministrantes: Representantes das comunidades tradicionais de terreiros.
Horário: 16h às 17h30
Local: Oficina Cultural
 
Dia 23 – Festa de Iemanjá
 
Concentração: 14h na Praça Clarimundo Carneiro
Início da Passeata: 15h
Trecho: Saindo da Praça Clarimundo Carneiro e seguindo pela Rua Silviano Brandão e chegando na Praça do Largo do Rosário. Na praça Clarimundo Carneiro os participantes irão em carreata para o Parque do Sabiá.
Responsável: Mãe Irene

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h