Nota da ABEPSS

Publicado em 19/12/2011

A Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (Regional Centro-Oeste) vem por meio desta afirmar seu posicionamento contrário a todas as formas de preconceito, discriminação e opressão. Em especial, destacamos nossa solidariedade as/os estudantes de Serviço Social do Curso de Serviço Social da Universidade de Brasília – UnB que sofreram ações de violência contra as mulheres e homofóbicas, conforme denuncia feita pelo Centro Acadêmico de Serviço Social da UNB – CASESO na 12ª Reunião de Colegiado do Curso de Serviço Social realizada no dia 30 de novembro de 2011.

Nós da ABEPSS/Centro-Oeste compreendemos que as diversas formas de opressão têm expressado cada vez mais sua face discriminatória em ações de violência contra as mulheres, gays, lésbicas, bissexuais, travestis e trangêneros. No marco da produção e reprodução social, o cotidiano de nossas relações vem reproduzindo de maneiras às vezes aparentemente “bobas” como, por exemplo, as piadas; até formas extremas como a violência verbal, física e psicológica. Tanto o movimento feminista, como o Movimento LGBTT avançaram no Brasil e no Mundo para dar visibilidade às expressões das violências sofridas por estes segmentos tirando-as da esfera do privado e colocando-as no seu devido lugar, ou seja, na esfera pública.

Segundo dados do CFESS Manifesta de 25/11/2009, o Brasil é “considerado o maior exportador de mulheres para fins de exploração sexual e comercial da América Latina”. Este mesmo documento também destaca, com base em dados da Fundação Perseu Abramo que “a cada 15 segundos uma mulher é vítima de espancamento por um homem (…) e que na metade destes casos, as mulheres não pedem ajuda”. No caso da violência contra homossexuais os dados também revelam a gravidade da violência. Como mapeado pelo pesquisador e fundador do Grupo Gay da Bahia Luiz Mott a “primeira década deste século já registrou um total de 1.429 assassinatos de homossexuais no país”.

Nós da ABEPSS/Centro-Oeste destacamos ainda que a profissão de Serviço Social ao longo de sua trajetória histórica avançou na consolidação de uma perspectiva crítica que expressa e se consubstancia tanto numa formação como num exercício profissional balizado por valores ético-políticos emancipatórios fundados na liberdade como valor central, na defesa dos Direitos Humanos, na radicalização da democracia e no empenho pela eliminação de todas as formas de preconceito. Esta perspectiva ético-valorativa está claramente expressa no Código de Ética do Serviço Social de 1993 que está em vigor, como parâmetro ético-normativo para a formação e atuação do assistente social.

Nesse sentido, entendemos que a Universidade e os cursos de Serviço Social como espaços formativos têm o dever e o papel de contribuir e fazer avançar a construção de atitudes críticas dos estudantes em desfavor às formas de violência e opressão. Na ocasião, aproveitamos também para congratularmos a iniciativa das estudantes do Curso de Serviço Social da UnB, pela constituição do Fórum de Mulheres do Curso, como uma estratégia política importante de articulação e luta em defesa dos direitos das mulheres.

Compreendemos, como a história nos tem ensinado, que só com a organização política e coletiva podemos avançar nas lutas fundamentais que devem ser travadas no âmbito desta sociabilidade marcada por várias formas de exploração e opressão tais como as expressas pelo machismo e pela homofobia.

Por tudo isso, a ABEPSS/Centro-Oeste diz NÃO a violência contra a mulher e apoia a livre orientação sexual!

Conheça mais sobre o CRESS-MG

Informações adicionais
Informações adicionais
Informações adicionais

SEDE: (31) 3226-2083 | cress@cress-mg.org.br

Rua Tupis, 485 - sala 502. Centro. Belo Horizonte - MG. CEP 30190-060

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL JUIZ DE FORA: (32) 3217-9186 | seccionaljuizdefora@cress-mg.org.br

Av. Barão do Rio Branco, 2595 - sala 1103/1104. Juiz de Fora - MG. CEP 36010-907

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL MONTES CLAROS: (38) 3221-9358 | seccionalmontesclaros@cress-mg.org.br

Av. Coronel Prates, 376 - sala 301. Centro. Montes Claros - MG. CEP 39400-104

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h


SECCIONAL UBERLÂNDIA: (34) 3236-3024 | seccionaluberlandia@cress-mg.org.br

Av. Afonso Pena, 547 - sala 101. Uberlândia - MG. CEP 38400-128

Funcionamento: segunda a sexta, das 13h às 19h