imprimir

Curso público de Serviço Social em BH é pautado em reunião entre Uemg e CRESS-MG

No âmbito da educação e da formação profissional, as entidades representativas da profissão (Abepss, Conjunto CFESS-CRESS e Enesso) têm como bandeira de luta um ensino gratuito, público, presencial e de qualidade para toda a população. Nesse aspecto, Minas Gerais e São Paulo têm um desafio para superar, uma vez que são os únicos estados brasileiros cujas capitais ainda não contam com uma graduação em Serviço Social nesses moldes.

A viabilidade para a implantação desse curso em Belo Horizonte foi uma das pautas da reunião realizada entre Abepss e CRESS-MG com a pró-reitora de ensino da Universidade Estadual de Minas Gerais (Uemg), Michelle Rodrigues, no dia 27 de setembro, na Cidade Administrativa. Hoje, a Uemg é a instituição de ensino público com maior número de cursos de Serviço Social ofertados no estado.

Na reunião, Rodrigues indicou que é preciso um estudo minucioso para que a proposta possa se materializar e adiantou que este levantamento será providenciado assim que possível. Outro tema tratado foi a necessidade de unificação dos currículos dos cinco cursos de Serviço Social da instituição. Atualmente, por serem autônomos, cada unidade tem a sua própria grade curricular.

Como encaminhamento da atividade, foi tirada a realização de um grande fórum com representantes de instituições de ensino em Serviço Social de Minas Gerais para discutir temas afetos à área. Entre as e os presentes na reunião, estavam a presidenta e a gerente técnica do Conselho, Julia Restori e Denise Cunha, respectivamente, e também o representante da Abepss Leste, Diego Tabosa, e o conselheiro e membro da Comissão de Formação Profissional do CRESS-MG, Maicom Marques.

Para novas informações, acompanhe o site e o Facebook do CRESS.

Leia ainda

Fortalecimento de vínculos marcou Encontro Estadual das Unidades de Formação Acadêmica em Serviço Social.

CRESS-MG, Abepss e Uemg debatem defesa por ensino público e de qualidade.