imprimir

Assistentes sociais marcham contra reforma da previdência em Montes Claros

A cidade de Montes Claros também se somou ao ato Contra a Reforma da Previdência Social que mobilizou milhares de pessoas em todo o Brasil. Na cidade, cerca de cinco mil manifestantes saíram às ruas para mostrar ao governo que não aceitarão em silêncio as mudanças propostas pela PEC 287.

O ato contou com significativa participação de assistentes sociais e teve também a presença da Seccional de Montes Claros.

Entre as propostas da PEC, está a exigência de idade mínima de 65 anos para homens e mulheres se aposentarem; o tempo de 49 anos de contribuição para acesso à aposentadoria integral; a precarização da aposentadoria do trabalhador do campo; e o impedimento de acumulação de aposentadoria e pensão.

Veja mais fotos aqui.